Tubetes para Mudas – Tubetes de Mudas

Tubetes para Mudas – Tubetes de Mudas

Somos fabricantes de tubetes para mudas ou conhecidos como tubetes de mudas isto de várias especialidades temos o tubete próprio exemplo temos tubetes para viveiros de seringueira ,tubetes para mudas de viveiros de eucalipto ,tubetes para mudas nativas e viveiros para qualquer muda como exemplo de ornamentais nossa empresa tem tradição em injeção de vários itens ligados a mudas .
Temos também bandeja para tubetes.
Vendemos tubetes para mudas para todo o Pais ,nossos tubetes tem qualidade comprovada por vários viveiros ,prefeituras ,órgãos públicos e empresas de reflorestamento
Faça sua cotação de Tubetes para Mudas Plásticos diretamente com fornecedores que são fabricantes.
Se você esta implantando seu viveiro ,ou investindo no plantio de eucalipto ou maracujá ,temos equipe para orientar sua equipe de campo , a qualidade dos tubetes de mudas é muito importante principalmente pela qualidade na qual vai dar maior reaproveitamento  e fazer que seu plantio de mudas tenho um custo benefício muito maior .

Tubetes para mudas de serigueira

Tubetes para serigueira

Tubetes para Mudas

Tubetes paa mudas grandes de vários tamanhos para mudas de café , seringueira , eucalipto

Tubetes para mudas desde os tubetes gigantes aos convencionais

Tubetes para mudas desde os tubetes gigantes aos convencionais

Tubete para Mudas Mini Recomendado para a produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.

Tubetes de Mudas  Mini Recomendado para a produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.

Aba Interno Altura Volume Estrias
34mm 28mm 88mm 35cm³ 4
  • Tubete Mini (35mL)
  • Descrição:Tubete fabricado em polipropileno virgem 100% puro.
    Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta.
    Facilita o manejo e a produção de mudas.Recomendado para a produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.
cropped-topo-tubetes1.jpg

Tubetes para Mudas

 

Cm Plasticos-Araçatuba-SP
Fone 018 3631-4189
E-mail vendas

Tubetes para Mudas
Uma Reportagem muito interessante

Os tubetes para mudas são provisórios para as plantas.
Em pouco tempo, as mudas serão usadas em projetos de restauração florestal em áreas de preservação permanente. O viveiro fica no município de Itu e pertence à ONG SOS Mata Atlântica. Do local saem por ano 250 mil mudas. Há desde espécies bem conhecidas, como ipê roxo, até as que não são tão famosas, como pau viola e mulungu. O jequitibá ainda tem poucos centímetros, mas com o passar dos anos poderá atingir 40 metros ou mais. Variedade é item importante. A ONG trabalha com o número mínimo de 80 espécies. O início da produção das mudas é na sementeira. Após a germinação, vem a a etapa da repicagem. É quando cada uma vai para o tubete. Aí é preciso esperar o enraizamento. Cuidar bem da muda não é mero capricho. A planta tem que ter qualidade. A idéia é reduzir ao máximo a taxa das que morrem depois. No viveiro da ONG SOS Mata Atlântica, cerca de 10 por cento das plantas não se desenvolvem no campo. Um índice considerado baixo. O adubo diluído na água é aplicado com mangueira. A cada quinzena o processo se repete e quando as mudas crescem, ainda passam por um teste final. Rafael Fernandes, coordenador florestal da ONG, explica que cada muda passa nessa fase por condições que ela vai encontrar no campo. e cita como exemplo o estresse hídrico para deixar a planta mais resistente. A precaução pode evitar o replantio e o desperdício de tempo e de dinheiro. O custo de produção varia de 30 a 35 centavos, dependendo da espécie. Para restaurar um hectare, o gasto gira em torno de R$ 10 mil. Márcio trabalha para uma outra ONG, o Instituto Refloresta. Ele procura sementes em diferentes áreas. Uma delas fica numa propriedade particular de Porto Feliz e o dono permite a coleta. Márcio observa as árvores e escolhe as que podem ser úteis. Depois, prepara a área. Prestar atenção aos detalhes faz parte do serviço, que também exige organização e planejamento. As coletas são feitas em 30 áreas de matas nativas da região, que foram selecionadas de acordo com diferentes critérios, como tamanho, localização, preservação e diversidade de espécies e de matrizes. As sementes são levadas depois para o viveiro da prefeitura de Porto Feliz, que matém parceria com a ONG. No local, Márcio começa uma outra etapa do trabalho. É a fase do beneficiamento. As sementes, após secas, são retiradas das casas. E isso requer esforço. Ele usa um saco para reunir as sementes e bater no chão. É assim com a embira de sapo, mas o método muda com sementes mais duras. Aí o método passa a ser o do pilão. Depois de embaladas, as sementes estão prontas para serem semeadas. A professora Fátima Piña-Rodrigues, da Universidade Federal de São Carlos, em Sorocaba, trabalha há quase 40 anos com pesquisa de sementes e ela lembra que garantir a qualidade genética também é fundamental. Muitos viveiros, principalmente os pequenos, com a falta de auxílio técnico, ainda não estão preparados para oferecer sementes e mudas como prevê a legislação em vigor. Fátima coordena um projeto que orienta e apóia os pequenos produtores nas bacias do Rio Sorocaba e do médio Tietê. Uma ajuda para que todos possam se legalizar. Afinal, com as exigências do Novo Código Florestal, a demanda por sementes e mudas só deve subir. Quem quiser entrar em contato com a equipe do Projeto Apoiar: projetoapoiar.ufscar@gmail.com

http://redeglobo.globo.com/platb/tvtem-nosso-campo/reportagens/mudas-e-sementes-para-plantar-matas/

 

 

CONTATO

CONTATO

Fone 018 3631-4189

 E-mail vendas

Nome fantasia

C. M. PLASTICOS

Razão Social

C. M.  INDUSTRIA E COMERCIO DE PLASTICOS – ME

CNPJ

06.192.263/0001-26

Data da abertura

02/04/2004

 Fabricamos vário produtos além da linha agrícola , peças para granjas suporte para ar condicionados e encosto e assentos para cadeiras e mais alguma dezenas de produtos temos injetoras para mais de 600 toneladas de força.Terceirizamos injeção para outras empresas

Endereço

R AGUAPEI, 4084

Bairro JARDIM DO PRADO

Cidade Araçatuba
CEP 16.025-455

Telefone: 018 3631-4189

 

Bandeja Caixa para Tubetes Cafe

Bandeja Caixa para Tubetes Cafe

Fabricação própria de bandeja caixa para tubetes de cafe , fabricamos caixas para tubetes para tubetes de grande porte e tubetes convencionais.
Descrição:Bandeja fabricada em polipropileno virgem 100% puro. Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas.
Para montar um viveiro organizado e produtivo qualquer  seja seu tipo de mudas seja um viveiro para serigueiras , viveiro de mudas nativas , viveiro de mudas de café ou viveiro de mudas de eucalipto e viveiro de mudas frutíferas , é necessário ter todos utensílios apropriados e os tubetes apropriados e bandejas para tubetes seja bandeja estilo caixas ou bandejas tipo grade para vários tamanhos de tubetes ou de diversos dimensões e alojamentos para esses tubetes , nossa fábrica tem todas as medidas fabricados em polipropileno virgem somos uma fábrica com revendedores e grandes produtores de mudas em todos território nacional.

A bandeja caixa para tubetes de café suporta o tubete:

Tubete Café – Altura: 140mm / Volume: 120cm ³ / Estrias: 8

Recomendada para produção de mudas nativas, de café e frutíferas.

Dados Técnicos:

Bandeja para Tubetes de café com 96 alojamentos para tubetes

Bandeja para Tubetes de café com 96 alojamentos para tubetes

Comprimento Largura Altura Alojamentos Medida do Alojamento
616mm 426mm 162mm 96 40mm

Fone 018 3631-4189

 E-mail vendas

CM Plasticos

Rua Aguapei,4084
Araçatuba-São Paulo

 

Bandeja Plana p/ Tubetes Jumbo e Jumbinho c/ Reforço

Bandeja Plana p/ Tubetes Jumbo e Jumbinho c/ Reforço

Bandeja fabricada em polipropileno virgem 100% puro. Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas.

A bandeja suporta os tubetes:

Tubete Jumbo – Altura: 191mm / Volume: 290cm³ / Estrias: 8

Tubete Jumbinho – Altura: 130mm / Volume: 180cm³ / Estrias: 8

Recomendada para a produção de mudas nativas e de cacau.

Obs.: Inclui 3 reforços de ferro no comprimento

Dados Técnicos:

Bandeja de Tubetes jumbo e jumbinho

Bandeja de Tubetes jumbo e jumbinho

Comprimento Largura Altura Alojamentos Medida do Alojamento
623mm 396mm 17mm 54 55 x 55mm

Bandeja Plana para Tubetes Café

Bandeja Plana para Tubetes Café

 Bandeja plana para tubetes de Café essa bandeja é  fabricada em polipropileno virgem 100% puro.
Essa bandeja Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas.
Essa bandeja tem 108 alojamentos para tubetes

A bandeja plana para tubetes de café suporta o tubete:

Tubete Café – Altura: 140mm / Volume: 120cm³ / Estrias: 8

Recomendada para produção de mudas de café, nativas e frutíferas.

Dados Técnicos:

Comprimento Largura Altura Alojamentos Medida do Alojamento
598mm 423mm 25mm 108 42 x 42mm

bandeja para tubetes de cafe

Bandeja Plana para Tubetes Mini e Mudas

Bandeja Plana para Tubetes Mini e Mudas

Bandeja plana para mini tubetes na dimensão

Descrição:

Bandeja fabricada em polipropileno virgem 100% puro. Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas.

A bandeja suporta os tubetes:

Tubete Mini – Altura: 88mm / Volume: 35cm³ / Estrias: 4

Tubete Mudas – Altura 125cm³ / Volume: 56cm³ / Estrias: 6

Recomendada para produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.

Dados Técnicos da bandeja plana :

Comprimento Largura Altura Alojamentos Medida do Alojamento
590mm 388mm 27mm 176 30 x 30mm

Comprimento :675 mm

Bandeja para tubetes plana

Bandeja para tubetes plana

Bandeja para Tubetes de Mudas

Bandeja para Tubetes de Mudas

 

Bandeja Tubetes de Produção de Mudas de Eucalipto pinus e outras variedades
Fabricamos bandeja para tubetes de vário tamanhos para mudas de citrus,pinus  e eucalipto e bandejas para tubetes de café .
Nos Fabricamos Tubetes em Araçatuba ,estado de São Paulo ,sendo hoje nossa empresa conhecida em todo territorio Nacional pela qualidade e prazo de entrega.
Nos Fabricamos Tubetes em Araçatuba ,estado de São Paulo ,sendo hoje nossa empresa conhecida em todo territorio Nacional pela qualidade e prazo de entrega. Fone 018 3631-4189

 E-mail vendas

Bandeja para tubetes de mudas de grande porte os tu betões ou até bandejas para tubetes convencionais , injetamos e vendemos para revendedores e grandes produtores

Bandeja para tubetes de mudas de grande porte os tu betões ou até bandejas para tubetes convencionais , injetamos e vendemos para revendedores e grandes produtores

O tubete mini encaixa perfeitamente nas bandejas para tubete mini e mudas:

  • Bandeja (Cod.022) – Bandeja plana com 176 alojamentosBandeja (Cod.036) – Bandeja plana com 228 alojamentos + 3 reforços de ferroBandeja (Cod.051) – Bandeja plana com 228 alojamentos

    Bandeja (Cod.063)  – Bandeja caixa com 96 alojamentos

    Bandeja (Cod.067) – Bandeja caixa com 140 alojamentos

    Bandeja (Cod.068) – Bandeja caixa com 187 alojamentos

    Medidas:

    Muda de eucalipto retirada do tubete

    Facilita a produção de mudas, fabricado em polipropileno virgem 100% puro. Utilizado na produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.

  • bandeja de tubetes larg 426 alt 162 aoljamento 96 furos medida do alojamento 30 mm
    bandeja de tubetes larg 426 alt 162 aoljamento 96 furos medida do alojamento 30 mm
  • andeja Caixa para Tubetes Mini e Mudas (Cód.067) - Uninjet Descrição: Bandeja fabricada em polipropileno virgem 100% puro. Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas. A bandeja suporta os tubetes: Tubete Mini - Altura: 88mm / Volume: 35cm³ / Estrias: 4 Tubete Mudas - Altura: 125mm / Volume: 56cm³ / Estrias: 6 Recomendada para a produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto. Dados Técnicos: ComprimentoLargura Altura Alojamentos Medida do Alojamento 616mm 426mm 162mm 140 30mm
    Bandeja Caixa para Tubetes Mini e Mudas
    Descrição:
    Bandeja fabricada em polipropileno virgem 100% puro. Material muito resistente que não libera toxinas no substrato de cultivo, gerando um bom desenvolvimento das raízes da planta. Facilita o manejo e a produção de mudas.
    A bandeja suporta os tubetes:
    Tubete Mini – Altura: 88mm / Volume: 35cm³ / Estrias: 4
    Tubete Mudas – Altura: 125mm / Volume: 56cm³ / Estrias: 6
    Recomendada para a produção de mudas de citrus, pinus e eucalipto.
    Dados Técnicos:
    Comprimento Largura Altura Alojamentos Medida do Alojamento
    616mm 426mm 162mm 140 30mm
  • Ciudados com a desinfecção de tubetes e as bandejas para tubetes
  • As sementes, quando necessárias, são adquiridas de fornecedores registrados no RENASEM (Registro Nacional de Sementes e Mudas) e de comprovada qualidade genética. A orientação do viveiro é adquirir preferencialmente sementes com nível de melhoramento de ÁPISE – a área do pomar de semente e PSCT – pomar de semente clonal testado, que possibilita maior qualidade genética. Os clones especialmente selecionados de empresas dos estados de Minas Gerais e Goiás, da Zona da Mata e do Rio Doce Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. 2.5 Recipientes São utilizados tubetes para produção de mudas de Eucaliptos e sacola plástica para mudas de plantas nativas. Os tubetes estriados têm as seguintes dimensões: 12,5 cm de altura, 2,8 cm de diâmetro interno superior e 1 cm de diâmetro inferior. As sacolas plásticas são de 12 a 15 cm de altura e 5 cm de diâmetro. Para a desinfecção de bandejas e tubetes utilizam-se água quente de 70 a 80 graus centígrados. 2.6 Preparo do substrato para os recipientes 2.6.1 Mistura aconselhável No preparo do substrato utilizam-se as seguintes matérias primas: terra + palha de arroz. 2.6.2 Preparo do substrato No preparo do substrato utilizar os produtos abaixo fazendo a mistura dos mesmos do seguinte modo: 4 sacos de substrato (mecplant florestal) um dos mais utilizado; 1 um saco de palha de arroz, (4:1 sendo 4 partes de substrato para 1 de palha de arroz) misturar por 15 minutos. 2.6.3. Adubação A adubação é preparada em uma caixa de 2.000 litros, colocando os seguintes adubos: 16 kg NAP, 10 kg de Cloreto de Potássio e 16 Kg de Sulfato de Amônia. Sendo esta adubação manualmente com o uso de mangueira e com a orientação do encarregado. 2.7 Semeadura/ Produção, preparo e plantio assexuado 2.7.1 Plantio sexuada e assexuada Reprodução assexuada (ou “assexuada”) é um processo biológico através do qual um organismo produz uma cópia geneticamente igual a si próprio, sem que haja recombinação de material genético. Um exemplo simples consiste na clonagem, como no ato de plantar plantas por estaca, caso em que a reprodução é processada artificialmente, ainda que possa ocorrer naturalmente. De fato, muitas espécies de plantas têm esta capacidade, sem necessidade de intervenção humana, gerando estolhos que criam raízes, tornando-se, posteriormente, independentes da “planta-mãe”. Noutros casos, uma parte do talo ou do soma pode separar-se da planta-mãe e fixar-se noutro lugar, dando origem a uma nova planta. A este tipo de reprodução assexuada dá-se o nome de multiplicação vegetativa, como acontece, naturalmente, com o morangueiro. Note-se que, contudo, a maior parte destas plantas também se pode reproduzir sexuadamente, através de esporos ou de sementes. A reprodução sexual ou “sexuada” implica a combinação de material genético (normalmente o DNA) de dois seres distintos (os progenitores) através da conjugação de duas células haplóides (os gametas) por cariogamia. No plantio sexuado, semear de 2 a 3 sementes por recipiente para otimizar a produção de mudas por quilo de semente. A semente é colocada no centro dos tubetes, sendo utilizado o mesmo substrato para fazer a cobertura destas sementes, sendo a cobertura de no máximo 3 milímetros de espessura. Utiliza-se uma peneira para fazer esta operação. Em seguida o canteiro é coberto com sombrite de 50% que é mantido até as plantas atingirem de 2 a 5 milímetros. 2.7.2 Preparo e plantio assexuado (plantio de estacas) As miniestacas são preparadas e colhidas no minijardim. Sendo seu tamanho entre 5 e 10 centímetros, dependendo do clone que é utilizado. Em seguida estas miniestacas são plantadas no centro dos tubetes, evitando danificar as mesmas e numa profundidade de cerca de 2 centímetros. 2.7.3 Seleção de mudas  quando as mudas atingirem o tamanho de 20 cm e no mínimo 3 pares de folhas elas serão selecionadas obedecendo aos seguintes critérios:  selecionar as mudas padronizando-as por tamanhos (pequenas, médias e grande);  identificando-as por clone/lote, procurando encanteirá-las por tamanho;  realizar a toalete deixando apenas hastes mais sadias e melhor posicionadas no caule;  retirar o mato dos tubetes com cuidado para não danificar as mudas;  as mudas são colocadas em bandejas de pé para então amadurecerem para expedição;  as bandejas de pé comportam até 50 mudas espaçadas;  catar tubetes e pés caídos no chão. Recolhendo bandejas/ tubetes e destinando-os para esterilização.  observação: As mudas doentes e fora do padrão devem ser separadas para receber o tratamento adequado. 2.7.4 Rustificação de mudas Após a seleção as mudas começam a ser rustificadas para poderem ser expedidas para o campo. Deve-se reduzir gradativamente a quantidade de água e as adubações afins de que as mudas adquiram a resistência ao estresse do plantio. 2.7.5 Expedição de mudas Na expedição, após identificar o lote de mudas que será embalado para o campo tomar os seguintes cuidados:  selecionar as mudas com tamanho entre 20 a 40 cm;  as mudas devem ter mais de 3 (três) pares de folhas;  as mudas com diâmetro de coleto superior a 2 milímetros;  mudas sadias e sem danos físicos;  as mudas rústicas (nem verdes ou maduras em excesso);  mudas com raízes ativas presentes;  mudas com substrato firme (sem desmanchar facilmente na retirada do tubete);  manter o substrato das mudas úmido durante a expedição;  proceder ao controle de qualidade da expedição. 3.0 RESULTADO E DISCUSSÃO 3.1.1 Número de mudas/Viveiro/Ano/Espécie As mudas do viveiro são produzidas com a mais alta eficiência, a partir de sementes selecionadas ou pelo método de clonagem. A quantidade de mudas no viveiro é de um milhões por ano, sendo distribuídas conforme autorização da (secretaria municipal do meio ambiente) . No viveiro é produzem varias espécies clonadas do ipê , jatobá, ynga, Fava de bolota .com o plantio em sacos. Após o plantio dos clones, os controle de umidade, luz do sol e temperatura, onde permanecem até o enraizamento. Depois disso, as mudas vão para o ar livre, mas ainda com total controle da umidade até que estejam prontas para serem plantadas no solo. A empresa estuda a área do cliente e indica as variedades ideais, levando em conta fatores como tipo de solo, altitude e clima. 3.1.2 Utilidade da espécies . O Ipê é amplamente utilizado como a árvore decorativa nos trópicos em jardins, nas praças públicas e os bulevares devido à sua florescência impressionante e colorida. Muitas flores aparecem em hastes imóveis no fim da estação seca, fazendo a exposição floral mais conspícua. São úteis como plantas de mel para abelhas, e são popular com determinados colibris A casca de diversas espécies tem propriedades médicas. A casca é secada e fervida então fazendo um chá amargo ou ácido-gosto acastanhado-colorido. O chá da casca interna de Ipê rosa (T. impetiginosa). É um remédio erval é usado tipicamente durante a gripe e a estação fria e facilitando a tosse do fumante
    Fonte:http://www.catolica-to.edu.br/portal/portal/downloads/docs_gestaoambiental/projetos2011-1/1-periodo/Producao_de_mudas_nativas_do_cerrado_em_viveiro.pdf